21 de março de 2013

O KEFIR


Por volta dos anos 70 sensivelmente a Mãe fazia iogurte em casa.
Tinha o que parecia ser um bocado de couve-flor a que chamava "Flor de Iogurte".
Nesse tempo, a Mãe não tinha dinheiro para comprar iogurtes tal como eu, hoje, a eles tenho total acesso. Nem tinha uma iogurteira, só muito mais tarde conseguiu comprar uma, cor de laranja, lembro-me bem.
Mal ela sabia que essa massa branca e gelatinosa se chamava Kefir...

Tendo em conta que tenho recebido algumas mensagens com questões acerca do Kefir e tendo em conta de que ele está de novo na "mó de cima",  decidi deixar aqui algumas informações acerca deste alimento probiotico riquíssimo e considerado uma dádiva de Alá aos membros das tribos muçulmanas no antigamente...






O Kefir que tenho foi-me gentilmente ofertado pela Lenita, do blog "Tentações Sobre a Mesa" tal como eu já tinha referido e a quem tinha agradecido AQUI.







E ele foi pela primeira vez utilizado no bolo que fiz para comemorar o 1º aniversário do Blog do Chocolate.  A partir dessa altura, tenho-o utilizado nas mais diversas preparações de massas de pão e bolinhos, bem como o tenho consumido juntando-lhe outros alimentos (cereais, mel, fruta, flocos de aveia, passas, doces e compotas, batidos e até açúcar pois consumi-lo simples ainda é um pouco dificil para mim, mas lá chegarei...). 

Já consegui doar à Mãe, à sogra  e a outras pessoas, entre as quais à minha tão querida amiga Isabel do "Emoção às Colheradas" que já está a fazer um magnífico uso dele tal como poderão verificar neste delicioso pão aqui.

Tudo o que aqui deixarei registado acerca do fabuloso Kefir encontrei em sites cuja fonte citarei obviamente...
São informações preciosas para quem não o conhece e pretende que lhe seja apresentado !  :)



"O Kefir é uma colónia de microrganismos simbióticos imersa numa matriz composta de polissacarídeos e proteínas. Originário das montanhas do Cáucaso é formado por lactobacilos e leveduras aptos a fermentar diversos substratos – sendo o leite (caprino ou bovino), historicamente, o mais comum deles."

http://pt.wikipedia.org/wiki/Kefir



"O Kefir é o leite fermentado por uma jóia probiótica ( pro = a favor de ; bio = vida ) e foi sempre entendido como tendo poderes curativos, desde o início do séc. XVIII.
É uma bebida refrescante, altamente saudável e proporciona ao organismo uma série de benefícios, sendo inclusivamente um elemento auxiliar em vários tipos de doenças. 
Não lhe são conhecidas contra-indicações.

Tem uma consistência cremosa uniforme, semelhante ao iogurte mas o seu valor nutricional é muitíssimo maior. Tem um gosto refrescante e levemente azedo com um aroma suave de fermento fresco semelhante a cerveja. O Kefir também pode ter um sabor forte efervescente natural picante  se o deixar fermentar por mais de 24 horas. Existe uma variedade aproximada de 40  compostos aromáticos que contribui para o único e raro sabor e aroma do Kéfir."

http://chanasaude.no.sapo.pt/kefir.htm



"Tanto o Iogurte como o Kefir são produtos fermentados, feitos a partir do leite. Existem grupos de bactérias no Kefir que não existem no Iogurte, tal como a Lactobacillus caucasus, Leuconostoc, e espécies de Acetobacter e Streptococcus. O Kefir contém também leveduras benéficas como as Saccharomyces kefir e Torula kefir, que dominam, controlam e eliminam as leveduras patogénicas (prejudiciais) presentes no organismo.
Pode ser feito a partir de qualquer tipo de leite (vaca, cabra ou ovelha, soja, coco ou arroz). Sâo grânulos que têm a aparência de uma massa branca e gelatinosa,  composta por proteínas, lípidos e mucopolissacarídeo solúvel (kefiran).
A bebida pode ser preparada em casa, adicionando os grãos de Kefir ao leite e armazenar  posteriormente de forma adequada. 
O líquido fermenta em, aproximadamente, 24 horas a uma temperatura entre 18 e 30º C. Depois deste período, o leite deve ser coado por passadores de plástico (o Kefir tem que ser manuseado com vidro e plástico, nunca com metal devido à possível reacção do ácido da fermentação) e os grãos são depois adicionados a outro leite, procedendo-se assim de forma cíclica, por tempo indeterminado.
Os benefícios do consumo de kefir são inúmeros, mas os principais são:
- incrementa o valor biológico das proteínas do leite
- As proteínas do kefir são parcialmente digeridas e, assim, mais facilmente utilizadas pelo organismo. O triptofano, um dos aminoácidos essenciais abundantes no kefir, é conhecido pelo seu efeito relaxante do sistema nervoso.
- sintetiza ácido láctico, o que diminui a intolerância a lactose e favorece a digestibilidade do leite mesmo para pessoas que sejam sensíveis ao leite de vaca
- sintetiza vitaminas do complexo B
- aumenta a resistência à infecções
- activa sistema imunológico – e já foi usado, com sucesso, para ajudar pessoas que sofrem de sida, síndroma de fadiga crónica, cancro e herpes.
- efeito tranquilizador do sistema nervoso beneficia muitas pessoas que sofrem de depressão, distúrbios do sono, entre outras.
- restabelece e equilibra a flora intestinal – elimina dos intestinos as bactérias e leveduras prejudiciais, e aumenta a população bacteriana benéfica e protectora.
- regulador da flora intestinal, podendo ser usado tanto em casos de obstipação quanto diarreia, reduz a flatulência e melhora de uma forma geral todo o sistema digestivo.
O efeito de “limpeza” que exerce em todo o corpo, ajuda a estabelecer o equilíbrio do ecossistema interno, permitindo uma óptima saúde e aumento da longevidade.
- diminui o risco de cancro , principalmente de cólon
- diminui a fracção do LDL colesterol
Estudos realizados em ratos no Japão revelam acção anti-carcinogénica do kefir; o kefir foi administrado via oral e os resultados indicam diminuição do tamanho do tumor, induzindo a uma resposta auto imune nos ratos."

http://nutricionista.com.pt/artigos/o-que-e-o-kefir.jhtml


"A multiplicação dos grãos

A multiplicação dos grãos do Kefir de leite é extremamente lenta e depende muito de vários factores como idade da colónia, a temperatura ambiente, o tipo e a qualidade do leite utilizado, a frequência das trocas, etc... 
Geralmente, em condições óptimas, o crescimento dos grãos duplica - em quantidade - após 30 dias. 
NUNCA DEITE FORA OS SEUS GRÃOS DE KEFIR!
No caso dos grãos não estarem a fermentar ou não se multiplicarem, poderá experimentar mudar a marca ou o tipo de leite, ou apenas alterar o local onde guardou o recipiente. Por exemplo, nos dias mais frios os grãos entram num estado de latência.

Quando é que o Kefir “morreu”?


 

Quando o Kefir apresentar um desagradável odor, semelhante a algo apodrecido, e quando já não ocorrer a fermentação, os grãos estão em processo de putrefacção e não devem ser consumidos. Podem tentar recuperá-los fazendo trocas de leite uma vez por dia, durante uma semana. Se continuar o cheiro, então devem deitá-los fora. "


http://www.centrovegetariano.org/Article-394-A%2Bprepara%25E7%25E3o%2Bdo%2Bkefir.html



"Ainda não foram descobertos todos os microorganismos e nutrientes que o Kefir contém, mas o que se sabe é que possui:
  • 8 leveduras,
  • 2 bactérias acéticas,
  • cerca de 16 lactobacilos,
  • cerca de 9 streptococci/lactococci,
  • ácido fólico,
  • ácido pantotênico (vitamina B5),
  • biotina (vitamina B),
  • cálcio,
  • carboidratos,
  • fósforo,
  • gordura,
  • lactase,
  • magnésio,
  • niacina (vitamina B3),
  • potássio,
  • proteínas,
  • piridoxina (vitamina B6),
  • triptofano,
  • vários outros aminoácidos benéficos,
  • vitamina B12,
  • vitamina K."

  
http://rjanutri.blogspot.pt/2011/05/as-propriedades-do-kefir.html

 
 
Perguntas e respostas bastante esclarecedoras acerca do Kefir: 

http://kefir-alimentoprobiotico4.blogspot.pt/




Um copo de Kefir com "curd" de morangos:



E pronto: deixei aqui muita informação acerca do Kefir mas se fizerem uma pesquisa no Google, vão aparecer centenas de sites que falam a respeito !

Há quem seja de opinião que os grãos não devem ser lavados, tal como há quem opine a favor da higiene dos grãos !

Ora, eu gosto de lhes dar banho (tal como diz a Isabel) mas só o faço 1 vez por semana e os meus "bicharocos" (como carinhosamente os trato) têm gostado deste regime, não se têm constipado !  ;)
E em troca, prendam-me com um regular crescimento e boas fermentações ! 
O banho é SEMPRE com água mineral pois o cloro é altamente prejudicial aos grãozinhos. Poderá áté deixá-los uns minutos de molho na água mineral por forma a melhorar a acidez.

Os grãos de Kefir não se compram, não se encontram à venda em lado nenhum nem devem ser comercializados.
O que encontram à venda no "El Corte Inglês" por exemplo, é o Kefir já preparado, o resultado da fermentação não os grãos.

Os grãos são generosamente doados e passados de mão em mão, pois esta jóia deve ser partilhada com todos de forma gratuita, pelo que existem muitas comunidades de doadores a nível nacional e existe uma página no Facebook também onde se podem conseguir doadores bem como doar a quem necessite e queira.

Deixo-vos o link, é um grupo fechado, peçam adersão:

https://www.facebook.com/groups/212887238773306/

No meu caso, doarei sempre que me for possível e que tenha o suficiente.
Como tenho os grãos há pouco tempo e tenho doado, não tenho em grande quantidade e às pessoas que já me pediram tenho dito que poderá demorar um bocadinho.
Mas é uma questão de tempo e de paciência e claro que terei todo o prazer em dar. :)


Boas fermentações  ! ;)





57 comentários:

  1. Bom dia Isabel,
    Ótima aula sobre o kefir, gosto muito, é um iogurte muito suave de sabor muito agradável. Obrigada por compilar tanta informação.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderEliminar
  2. Fiquei cheia de vontade de experimentar. Vou à página do facebook para pedir um doador.

    ResponderEliminar
  3. Adorei saber essas informaçoes todas e vou ficar ansiosa esperando o meu para depois tb fazer parte dos dadores nacionais com o maior prazer!!!!

    Hoje estas l+a no meu blog minha linda!!!!

    Beijocas

    Margarida

    ResponderEliminar
  4. Bem Isabel!
    Como sempre tão amável... Obrigada por estas informações sobre o Kéfir. Vou ver se consigo um doador. Ando curiosa e queria experimentar!
    Beijinhos e um bom dia para ti :)

    ResponderEliminar
  5. E como a natureza é sábia não filhota? Já tinha ouvido falar muito no kefir, mas não sabia dessa riqueza de detalhes, achei suas informações excelentes, vou também procurar um doador. Sua sobremesa ficou linda. Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Bom dia Isabel !!!
    Muito útil mesmo !!! Tb já andei a "cuscar" na net ... Realmente vou ter de experimentar! Vou espreitar a pag do FB a ver se arranjo doador :P

    Beijinhos grandes e docinhos com amizade!

    PS.: Para quando o nosso cafesinho??

    ResponderEliminar
  7. Oi minha linda amiga Bel, que aula de Kefir, amei o post, está super completo. Fiquei muito curiosa, pois nunca experimentei e pelo visto os benefícios são imensos. Muito obrigada por compartilhar essas informações minha amiga tão querida.

    Beijinhos
    Marisa

    ResponderEliminar
  8. Adorei esta explicação, Isabel! Já sabia algumas coisas sobre o kefir mas já aprendi imensa coisa :) Obrigada pela partilha!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  9. Olá, Isabel!
    Nunca experimentei kéfir nem acho que tenha comido alguma coisa com ele, mas de tanto ler fico curiosa!
    Bjs
    Paula

    ResponderEliminar
  10. Bom dia querida Isabel!
    Que ótima postagem sobre esta joia como voce mesma disse... o kefir!
    Eu consegui uma muda tempos atrás, mas acabei perdendo e agora para conseguir outra vez não vai ser nada fácil.
    Beijos, Oslaine

    ResponderEliminar
  11. Fantástico post informativo querida Isabel.
    Bem me lembro da flor do iogurte e da famosa iogurteira cor de laranja que foi usada para aí uma vez, pois os iogurtes eram horrorosos e não foram aprovados lá em casa. Mas a iogurteira ainda existe e lá está, em casa da mãe, arrumada nos confins de uma prateleira alta da despensa.
    Eu sinceramente, depois de ver tantas receitas com ele, ando curiosíssima, mas como não consigo encontrar, cá vou substituindo as receitas que o levam por iogurte.
    Beijinhos querida e obrigada pela informação tão útil,
    Lia.

    ResponderEliminar
  12. Olá Isabel,

    Boa informação, obrigada

    posso ficar na lista de espera?

    Beijocas
    Paula

    ResponderEliminar
  13. Olá Isabel:)

    Não conheço o kefir mas fiquei curiosa em conhecer. Ele é isso tudo? Muito interessante:)
    Pode ser que algum dia venha parar às minhas mãos:)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Olá minha querida :)
    Adorei o post, ando a vê-lo tanto e ando tão curiosa...
    Tudo fala tão bem nele :p
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  15. Por acaso conheço e já tive em casa kefir de água que depois transformei em kefir de leite.
    Na época fazia receitas deliciosas e bem saudáveis.
    Excelente post parabéns :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Muito bom este post Isabel! Muito informativo. Os meus grãos de Kefir só para o próximo mês que ainda ando de mudanças. Uma chatice!

    Beijinhos doces;

    Aurea Sá

    ResponderEliminar
  17. Quanta informação preciosa e que a maioria desconhecia, obrigada pela partilha querida, há vi teu bate-papo com a Margarida hoje pela manhã e amei saber um pouco mais sobre ti.
    bjs grandes

    ResponderEliminar
  18. Olá Isabel, por acaso conheço o kefir e já tive em casa, foi dado por uma amiga, depois morreu a flor e gostaria de ter-lo novamente e faz muito bem.

    Bjs

    ResponderEliminar
  19. Olá...
    Eu não sabia o que era..... mas a minha mãe sabia :).... Obrigada pela a tua fantástica explicação :)... Adorei ;).... O teu doce está 5 ***** :D... Beijocas...

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  20. Que bela pesquisadora estás feita minha amiga!! E como tu dizes, ha 70 anos a tua mãe já fazia iogurte com o kefir, e eu lembro do mesmo há coisa de 30 anos em casa da minha! Não tinha era um nome tão fashion, chamava-o flor de iogurte!! E tenho visto tantas receitas com o dito Kefir, que espero ansiosamente que cheguem as ferias, para que uma das minhas Zabeles, me dê um pedacinho!!
    Obrigado por partilhares tudo isto!!
    Um beijinho xxxlll,
    Mena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando vieres, se te portares bem :) dou-te um pouco do bicharoco :)
      Bjns

      Eliminar
    2. :) Yuppiiii!! Um beijinho grande Libelinha!!! Oh Zabel, ainda bem que te fiz rir, mas depois de ter posto o comentario dei conta que me tinha enganado a escrever!! Valha me deus!! Eu nao queria dizer ha 70 anos, qd muito seguir o teu texto, ou ha 30 anos!! Enfim, sabes o que é isto? Comentar nos post's no trabalho!! ;) Mas é que nao resisti!!
      Beijinhos

      Eliminar
  21. Oi Isabel querida, adorei a aula e te digo que fiquei sentadinha na primeira fila prestando bem atenção.
    Amiga eu adorei de vdd a explicação.

    Bjssssssssss

    Isabel, quero tb me desculpar pela ausência no primeiro aninho do blog do chocolate, mas vc sabe o motivo(sem internet).
    Amiga, quero ainda parabenizar o blog e dizer que te desejo muito sucesso.

    Bjssssssssss e a minha amizade eterna viu?

    ResponderEliminar
  22. Minha querida obrigada por partilhares esta informaçao. Lembro-me perfeitamente da famosa iogurteira e do kefir que a minha mãe ainda hoje chama de flor de iogurte.
    Vou pedinchar um cadinho para trazer comigo nas férias :-)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Querida Isabel: tanta informação preciosa sobre o Kefir. Já o tive várias vezes ( sempre por oferta de alguém),mas depois acabamos por nos "fartar" e desistimos dos "bicharocos". Embora seja muito saudável e etc,etc, a verdade é que não morro de amores por ele.Já o meu cunhado adora!!
    Obrigada pela partilha de informação.
    Bjns
    Márcia

    ResponderEliminar
  24. Olá Isabel,
    Que belo post, tão rico e informativo!
    Eu pesquisei imenso quando recebi o meu kefir!
    Fico feliz por ver que o estamos a espalhar e a criar tantas receitas novas com ele. Não conhecia o grupo e já pedi para aderir.
    O teu copo de kefir e curd de morango está um mimo, curd...nunca fiz, nem provei!
    Bjocas

    ResponderEliminar
  25. Minha amiga,
    adorei as informações, muito obrigada por compartilhar!
    A foto ficou linda e tentadora, tudo feito com morangos fica
    irresistível, amo o seu capricho, parabéns!

    Beijos, sucessos sempre em sua vida!
    Andréa ♥

    ResponderEliminar
  26. És uma querida,

    sabes que eu fiquei muito feliz por me dares os netos do bicharoco :) tenho-lhes dado bom uso.
    Minha querida, fizeste-nos a papinha, toda partilhando a informação recolhida, só temos a agradecer. Já disse mais do que uma vez que há pessoas maravilhosas neste mundo da blogosfera, mas tu és duma generosidade incrível e é também por isso que te adoro.
    Bjns amiga
    Belinha

    ResponderEliminar
  27. Olá Isabel,uma informação valiosa.Eu desconhecia a história do kefir embora tinha consumido muito kefir na minha vida,é por isso existe a blogosfera,para partilhar e aprender com os outros.E esse copo faz me olhinhos,é tão convidativo.bjs,violeta

    ResponderEliminar
  28. Olá Isabel !
    Adorei este post, e confesso que andava mesmo curiosa por saber mais informações do Kefir, obrigado por este excelente trabalho de partilha que nos enriqueceu tanto.
    Ès uma pessoa incrivél !...
    Muitos beijinhossssss

    ResponderEliminar
  29. Olá Isabel!

    Por acaso não sabia o que era Kefir, mas com este post já fiquei a saber :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  30. Muito interessante e muito esclarecedor!
    Eu não conheço o kefir,vou ter que experimentar um dia destes!
    bjs

    ResponderEliminar
  31. Boa noite minha linda..
    Menina.. esses lindinhos me lembram da casa da minha avó...
    Ela tinha e todos os dias pela manhã iniciávamos do dia com esse iogurte maravilhoso.
    Eu ficava impressionada...
    Eu dizia que eram os bichinhos do iogurte.. srsr
    Eita que saudade bateu agora..
    Hummm

    Adorei as informações..
    queria ver se encontro por aqui..

    Um beijo minha linda.. e uma noite mais que especial viu?

    ResponderEliminar
  32. Olá Isabel! A minha mãe também chegou a ter. Gostava de experimentar e vou seguir a tua sugestão!
    Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  33. Olá Isa, como já te tinha dito a minha mãe em tempos bebia o leite fermentado com o kefir e a minha cunhada também teve um fase que bebia, mas eu sinceramente nunca me deu para experimentar, quem sabe um dia eu provo (depois de arranjat um pouco claro!).
    Obrigado por partilhares toda esta informação.
    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  34. Nunca experimentei, mas tenho visto várias receitas :)! beijinho

    ResponderEliminar
  35. Olá Isabel! :)
    Adoro o kefir, aqui na Rússia é um produto quase nacional, até nos tempos soviéticos, na época de déficit, o kefir estava sempre a venda.)) Para mim é um sabor da infância.
    Muito obrigada pelo post tão interessante, querida! :)
    Beijinhos e bom fim de semana* ;)

    ResponderEliminar
  36. Oi querida, passei p/deixar bjsssssss e desejar um FDS super, hiper maravilhoso.

    ResponderEliminar
  37. Oi Maninha, quando criança minha mãe tinha criação de kefir, que na época chamavamos por lactobacilos.Me desculpe minha amiga, mas nunca consegui tomar o iogurte, achava muito estranho o sabor e ainda tinha uma irmã mais velha que ficava a me fazer terrorismo por conta dos bichinhos.Acho muito legal esta divulgação e adoraria que aqui em casa fossemos fãs de algo tão nutritivo.
    Arrasou amiga.Beijos.

    ResponderEliminar
  38. Muito obrigada a todos pelos vossos comentários tão carinhosos e sempre de tão grande incentivo e apoio ! :)

    Assim que eu tiver Kefir em maior quantidade, tal como eu disse na publicação, estarei pronta para doar a quem o quiser, como todo o prazer. :)

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  39. Olá, Isabel, minha mãe também tinha lá o seu kefir e nós também não o chamávamos assim...era a bactéria do iogurte...hehe. Agora, vejo que voltou à moda, e que bom, pois além de saboroso é nutritivo, gostei muito da sua aula!!!
    Bjos e boa semana!

    ResponderEliminar
  40. Isabel,
    só hoje vi este post e lembrei-me há uns anos a minha mãe também tinha em casa, o nome era flor de iogurte. Na altura pouco se fazia para além de beber, dizia-se que fazia bem á saúde e pouco mais. Hoje vejo, graças á tua pesquisa , todos os benefícios e ainda se pode fazer inúmeras delicias.
    Bjkas

    ResponderEliminar
  41. Estive a ler as suas receitas e tem pratos fabulosos, e um aspecto bom, confio em si, e vou tentar adaptar algumas à cozinha. Quero dar-lhe os parabéns pelo blog pois é muito bom.
    Tenho um blog que gostava que conhecesse. O Peregrino E Servo.
    PS. Se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais esteja à vontade decerto que irei seguir também o seu blog.
    Que haja paz e saúde no seu lar.
    Com votos de saúde e grandes vitórias.
    Sou António Batalha.

    ResponderEliminar
  42. Já publiquei uma receita com kefir! Vê aqui: http://receitasseducao.blogspot.pt/2013/05/batido-de-kefir-e-framboesalight.html

    Beijinhos;

    Aurea Sá

    ResponderEliminar

  43. Kefir Alimento Probiótico
    Blog de doação gratuita de kefir, voce pode ganhar pessoalmente, ou se enviar o selo e envelope poderá receber por carta. Em vários países. Abraços a todos, espero ter ajudado!

    ResponderEliminar
  44. ganhei a uma semana apenas poucos grãos (uma colher de café) mas ele já está aumentando, já estou conseguindo fazer dois copos por dia, meu intestino (que sempre foi preso) está funcionando muito bem... "Santo kefir"

    ResponderEliminar
  45. Olá, parabens pela informação, está fantástico. já tenho kefir de leite há uns meses e adoro. Por acaso tens kefir de água que me possas doar sff? Não encontro na minha zona (Alentejo) e adorava experimentar agora com o verão a aproximar-se! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isabel,

      Obrigada pela visita e pelo carinho.
      Infelizmente não a posso ajudar, pois só tenho kéfir de leite, de água nunca tive.

      Beijinho

      Eliminar
  46. Olá, parabéns pelo seu blog, já a sigo no pinterest, excelentes receitas. Vim até aqui à procura de informação sobre Kefir de leite, por acaso não tem para doar? Pretendo experimentar os seus benefícios e não conheço ninguém que tenha. Sou de Odivelas posso ir buscar em qualquer lugar de Lisboa. Grata
    palexdst@gmail.com

    ResponderEliminar
  47. Olá, parabéns pelo seu blog, já a sigo no pinterest, excelentes receitas! Procuro doação de kefir de leite, não conheço ninguém que tenha, tem algum que possa doar? Grata

    ResponderEliminar
  48. Bom dia Isabel! Mudei-me para Lisboa recentemente. Você sabe onde eu posso encontrar os grãos de kefir em Lisboa ? Eu realmente gosto desta bebida e eu gostaria de tentar fazê-lo em casa.
    obrigada
    Ilaria

    ResponderEliminar
  49. Olá,

    Parabéns pelo artigo.
    Vivo em Lisboa e gostava de encontrar alguém que me pudesse doar uns grãos de Kefir.
    Obrigada
    Helena Pinela

    ResponderEliminar
  50. Sei que nesse Site tem doadores de Kefir (Probiótico) em todo o Brasil e também quem tiver para doar pode se cadastrar: http://probioticosbrasil.wix.com/probioticosbrasil

    ResponderEliminar

Obrigada por ter vindo e pelo tempo que disponibilizou a comentar.
Volte sempre.